--- Frase de Agora! ---
"A água é para os escolhidos
Mas como podemos esperar que sejamos nós..
... eu e você?"

Máquina do Tempo: Vaga Viva do Coletivo Ideia Nossa. A única vaga viva do lado de cá da ponte =) Vaga Viva do Ideia Nossa

Destaque da Semana: Onde está o sol que estava aqui?
Ladrões de sol, crise hídrica e êxodo rural

domingo, 30 de agosto de 2009

Sobre El Paseo de los Tristes

Bem, ja que ninguém mais se propõe, rsrs... estou aqui pra agregar mais um pouquinho com a análise desta música e chegar logo ao fim deste trabalho. Recapitulando os últimos post's, falamos do 'poema da solidão cantado numa chuva triste' (El poema de la Lluva Triste), 'vimos' com os ouvidos e passamos pelo beco do inferno (El Callejón del Infierno) e agora vamos ver o que angustia estes personagens no passeio dos tristes.

Uma história de amor (pra variar) envolvido de muita injustiça (pra variar [2]) e salpicado de crítica(é.. denovo =]). Alhembra e Albaicin, mulher e homen, filhos respectivamente de pais cristãos e muçulmanos. Eles se amam e este amor, é fruto de uma maldição ao ver de seus pais. Conclusão: Executado pela inquisição o sonho de Albaicin morre, e junto a ele morre ela (Alhembra).

Separados pela religião, eles se procuram no céu mas não se encontram, pois estão em lugares diferentes, um é o céu do Muçulmano e outro dos Cristãos, e agora vagarão sozinhos até se acharem, um estrofe típico de romantismo 2ª geração de portugal: "sem ti não posso morrer, sem ti, vagarei..."

Por fim, a solução para todo o drama que a música impõe graças a religião (que ironia isto não: "Graças a Religião" sem Graça alguma).

Y desde entonces le acompaña
una estrella que
desde el cielo cuida de él.
Si crees en Dios, crees en Alá,
sé tolerante y menos rezar.
Y acepta el credo
y la sexualidad del que no es igual.

Se você tiver o consentimento, 'deixar' de rezar, aceitar/compreender uma crença e a sexualidade de quem não é como vocÊ (ou seja, homem respeitar a mulher e vice-versa).. Quando acreditar em deus, estará também acreditando em Alá.. (e logo, serão merecedores um do outro).

George H. S. Ruchlejmer
"Sua ideia é uma IdeiaNossa.blogspot.com"

6 comentários:

Álvaro Diogo disse...

aew!
curti, bem sucinta mas deu pra pegar na veia...

nem sei qual é a próxima música, mas se ninguém se importar eu faço.

valeu, e volte a ser assíduo por aqui.
abraços!

Ge disse...

as.sí.duo
adj. 1. Que está sempre em determinado lugar; constante, contínuo. 2. Aplicado, pontual.

ok

Pri disse...

Tem gente que gosta de complicar as coisas ne Ge ^^

~ βaHh ' * disse...

Fico ótimo Ge *--* amei!! posts curtos e bem explicados são ótimos!! de noite posto a proxima musica!

Ge disse...

vlw... só um detalhe, você postou esse comentário de noite ! ^^ rsrs (19:24)

~ βaHh ' * disse...

Nhaaa... é que eu tava no curso.... ai cheguei em casa cansada demais pra mexer no Pc... mas já coloco a música ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...